Director João Armando

Angola Investe deixa mais de 175 milhões USD de dívida à banca

Angola Investe deixa mais de 175 milhões USD de dívida à banca

Os incumprimentos do Programa Angola Investe (PAI) dispararam a partir de 2015. Em 2012, os financiamentos em atraso representavam 12% do total do crédito disponibilizado pela banca e, em Junho de 2018, atingiram os 40%, o que marca bem a ineficiência deste projecto de apoio ao sector privado.

A dívida vencida e vincenda do Estado à banca comercial originada pelo mecanismo de bonificações de juros do Programa Angola Investe (PAI), entre 2014 a 2018, ronda os 58,8 mil milhões Kz, o equivalente a 175,1 milhões USD, apurou o Expansão.

Os dados constam da análise aos sistemas e instrumentos públicos de suporte ao financiamento da actividade económica privada do período 2009 a 2017, do Ministério da Economia e Planeamento (MEP).

O montante da dívida vencida, a 31 de Dezembro de 2018, era de cerca de 23,76 mil milhões Kz. O MEP indica ainda que, após o encerramento das operações de crédito do PAI, em Outubro de 2018, o plano de pagamento de encargos com a bonificação de juros até ao ano 2024 tem uma projecção de cerca de 35,08 mil milhões Kz. (...)


(Leia o artigo integral na edição 518 do Expansão, de quarta-feira, dia 3 de Abril de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i