Director João Armando

Brent atinge 69,51 USD, valor mais alto desde Novembro

Brent atinge 69,51 USD, valor mais alto desde Novembro

O recuo na produção, que em Março atingiu o nível mais baixo dos últimos quatros anos, ajudam a explicar o aumento do preço do Brent, com a Arábia Saudita a realizar cortes acima do esperado.

O Brent atingiu na terça-feira os 69,51 USD por barril, o valor mais alto desde o dia 13 de Novembro do ano passado, motivado em grande medida por recuos na oferta. Segundo a Reuters, a produção da OPEP atingiu, no mês de Março, o menor nível dos últimos quatro anos.

O cartel tem vindo a cortar a sua produção desde Janeiro e o seu maior produtor, a Arábia Saudita, tem realizado cortes acima do esperado. Por outro lado, o ministro russo da Energia revelou esta semana que a produção caiu para os 11,298 milhões de barris por dia (bpd), uma contracção de 112 mil bpd face a Outubro (mês de referência para os cortes da OPEP e aliados).

Foi igualmente importante para a subida dos preços a divulgação do Purchasing Managers" Index de Março da indústria chinesa. O índice revelou que a actividade industrial sofreu o primeiro aumento desde Dezembro, o que também teve reflexos positivos nos mercados accionistas. (...)

*Banco Angolano de Investimentos


(Leia o artigo integral na edição 518 do Expansão, de quarta-feira, dia 3 de Abril de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i