Hungria vai oferecer 20 bolsas por ano para estudantes angolanos

Hungria vai oferecer 20 bolsas por ano para estudantes angolanos
Foto: ARQUIVO
EXPANSÃO

Para além de bolsas para a frequência de cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento na Hungria, o acordo abre a possibilidade da vinda de professores húngaros, no caso de interesse de instituições angolanas. E prevê que Angola receba mestrandos e doutorandos para bolsas de estudo de curta duração.

A República da Hungria vai oferecer 20 bolsas de estudo a estudantes que pretendem continuar os estudos na Hungria nas áreas da Agricultura, Economia, Engenharia, Ciências Naturais, entre outras, nos graus de licenciatura, mestrado e doutoramento. Os cursos serão ministrados em língua húngara ou inglesa.

O programa de intercâmbio, publicado em Diário da República, no dia 1 de Abril, prevê ainda a possibilidade de a parte angolana "receber mestrandos e doutorandos para bolsas de estudo de curta duração, de um mês no máximo".

Estas bolsas visam viagens de estudo, consultas para a elaboração de teses, pesquisas de curto prazo e viagens de campo e prática profissional", nas áreas das ciências naturais, biologia, ciências da terra, geografia, geofísica, linguística, estudos culturais, antropologia cultural e história, cabendo aos canais diplomáticos dos dois países a definição dos detalhes sobre estes programas.

O acordo, celebrado entre o Ministério do Ensino Superior angolano e o Ministério das Capacidades Humanas da Hungria, com a vigência de três anos, deixa ainda em aberto a possibilidade de envio de professores para "administrar disciplinas científicas em instituições do ensino superior de Angola, em Português ou inglês", caso haja interesse da parte de instituições angolanas. (...)


(Leia o artigo integral na edição 519 do Expansão, de quarta-feira, dia 12 de Abril de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i