TAAG sai da "lista negra" da União Europeia e pode voar no espaço aéreo europeu sem restrições

TAAG sai da "lista negra" da União Europeia e pode voar no espaço aéreo europeu sem restrições
Foto: César Magalhães

Companhia de bandeira quer agora obter resultados comerciais significativos com a retirada das restrições que apenas a deixavam circular no espaço aéreo de Portugal.

A transportadora aérea nacional saiu da lista de Segurança Aérea da União Europeia, estando autorizada a voar sem restrições no espaço aéreo do continente doze anos depois de ter entrado na "lista negra", que apenas permitia a entrada no espaço aéreo de Portugal.

O presidente do conselho executivo da TAAG, Rui Carreira admitiu à TPA que esta decisão terá ter um impacto "positivo" nas perspectivas comerciais da companhia aérea. No entanto, "é preciso garantir que a TAAG não entre de novo para esta lista", alerta Rui Carreira.

O PCE adiantou estar convicto que a empresa tem plenas condições para se manter a este nível, uma vez que existem procedimentos, normas e a autoridade aeronáutica para fiscalizar todos os processos. "Está implementado um sistema de gestão de segurança que faz análise de risco, previsões e que implementa procedimentos tendentes a prevenir ocorrências graves na operação", considerou.

Rui Carreira informou que obviamente que os clientes sentem os reflexos destes sistemas, ao olhar para o histórico da companhia. "Há muitos anos que não acontece um acidente", salientou, apesar de que vão acontecendo incidentes, "mas sem grande gravidade", porque o sistema está em funcionamento. (...)


(Leia o artigo integral na edição 520 do Expansão, de quarta-feira, dia 18 de Abril de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i