Director João Armando

Inflação mensal acelera ligeiramente em Março depois de dois meses em queda

Inflação mensal acelera ligeiramente em Março depois de dois meses em queda
Foto: César Magalhães

Com este registo, a inflação acumulada nacional nos últimos 12 meses diminuiu, passando de 17,96% para 17,56%, o valor mais baixo dos últimos três anos.

O ritmo de aumento mensal do custo de vida a nível nacional acelerou 1,1% em Março, registando um ligeiro aumento face aos 1,0% (menos de um décimo) do mês anterior, influenciado pela classe da saúde e pela classe de Bens e Serviços, indicam os dados do relatório sobre o Índice de Preços do Consumidor Nacional (IPCN) referente ao mês de Março.

Desta forma, o indicador subiu após dois meses a descer, depois de ter registado uma inflação mensal de 1,1% em Janeiro e 1,0% em Fevereiro.

O ligeiro aumento dos preços no consumidor a nível nacional está bastante abaixo do pico da inflação mensal registada em Julho de 2016, quando, no espaço de um mês, segundo o INE, os preços subiram uma média de 4,2%.

Os dados do INE indicam que a subida dos preços em Março foi influenciada sobretudo pelos aumentos registados nas classes da Saúde, com 1,4%, Bens e Serviços, com 1,3%, Lazer, Recreação e Cultura, com 1,3%. Em sentido inverso, as que menos aumentos registaram, foram as classes da Educação (0,0%) e Habitação, Água, Electricidade e Combustíveis (0,3%). (...)


(Leia o artigo integral na edição 520 do Expansão, de quarta-feira, dia 18 de Abril de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i