Director João Armando

A lógica política do Aviso do BNA que obriga ao crédito

A lógica política do Aviso do BNA que obriga ao crédito

No nosso texto de 21 de Dezembro indicámos que Angola estava numa encruzilhada, isso depois de termos a confirmação de que o País iria registar, na altura, mais uma recessão, a 3.ª consecutiva, mantendo constante o crescimento da população a 3% ao ano.

Neste espaço vamos procurar ilustrar a lógica política do recente Aviso n.º4/19, de 3 de Abril, do BNA que, em nosso entender, vem servir de luz ao fundo do túnel da recessão em que Angola se encontra.

O crescimento do sector financeiro em Angola, particularmente do sector bancário, esteve muito acoplado ao crescimento das receitas provenientes do petróleo. Sobre este facto restam poucas dúvidas já que existe alguma evidência empírica.

Muito recentemente, o jornal African Affairs publicou um estudo sobre a economia política do sector bancário em Angola, onde fica patente que o crescimento da banca em Angola e o controlo desta por angolanos obedeceu a uma lógica política da elite ligada ao MPLA, partido governante em Angola desde a independência. Por outras palavras, a expansão do sector bancário em Angola e domínio de angolanos é resultado de um projecto político.

A verdade é que, apesar da crise, que coloca Angola numa encruzilhada, o Expansão tem assinalado que o sector bancário, como um todo, tem feito lucros fabulosos desde 2014. De facto, na sua edição n.º 514 é-nos apresentado um artigo que mostra que apesar de o País ter registado mais uma recessão no ano passado, o lucro dos 5 maiores bancos ultrapassou a "barreira dos mil milhões USD pela primeira vez". Se assim for, acreditamos nós, que é chegado o momento deste sector participar mais no desenvolvimento do País contribuindo para o relançamento do sector produtivo. (...)


(Leia o artigo integral na edição 520 do Expansão, de quarta-feira, dia 18 de Abril de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i