Director João Armando

TAAG junta-se à TAP na venda de passagens aéreas em kwanzas a partir do exterior

TAAG junta-se à TAP na venda de passagens aéreas em kwanzas a partir do exterior
Foto: César Magalhães

Passageiros da companhia aérea nacional deixam de ser obrigados a pagar em divisas os bilhetes adquiridos no exterior, independentemente do início do percurso.

A companhia aérea TAAG retomou há uma semana a venda de bilhetes em kwanzas para viagens adquiridas no exterior, uma possibilidade que estava restringida desde 2016. A medida surge quase dois meses depois da TAP, a companhia aérea portuguesa, ter passado também a aceitar pagamentos na moeda angolana.

Segundo o porta-voz da companhia, Carlos Vicente, citado pela Angop, a decisão surge num momento em que o quadro cambial angolano apresenta "ligeiras melhorias", razão pela qual a companhia de bandeira decidiu dar por finda a restrição, "uma medida boa para o utente, mas cujos benefícios para o negócio serão avaliados em devido tempo".

Em Julho de 2016, a TAAG deixou de aceitar kwanzas na compra de passagens para viagens que não se iniciassem na capital angolana, face à dificuldade em repatriar divisas, devido à crise financeira, económica e cambial que afectava o País. As únicas excepções eram os casos de estudantes, doentes e convidados de instituições do Estado, entre outras.

Agora, tanto cidadãos nacionais como estrangeiros deixam de ser obrigados a pagar em euros ou dólares norte-americanos e passam a poder adquirir passagens em Kz a partir do exterior, independentemente do início do percurso.

No caso da TAP, a suspensão da venda de bilhetes em Kwanzas foi tomada em Janeiro de 2015 e só foi levantada no dia 1 de Março último, abrangendo apenas a rota Portugal-Angola. (...)


(Leia o artigo integral na edição 522 do Expansão, de quarta-feira, dia 3 de Maio de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

*com Lusa

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i