Director João Armando

Estudantes criam sistema pré-pago de abastecimento de água potável

Estudantes criam sistema pré-pago de abastecimento de água potável
Foto: Adjali Paulo

Com o objectivo de racionalizar a água potável, carregar e pagar o fornecimento de água em qualquer hora e em qualquer lugar, um grupo de estudantes do ITEL e do ISUTIC desenvolveu o sistema pré-pago EFAP. O projecto, desenvolvido em 2014, aguarda resposta da empresa pública de Água.

Um grupo de estudantes do Instituto Médio de Telecomunicações (ITEL) e do Instituto Superior de Tecnologias de Informação e Comunicação (ISUTIC) desenvolveu um sistema pré-pago de fornecimento de água potável.

O sistema, composto por um software e um contador, vai permitir aos clientes da Empresa Pública de Águas de Luanda (EPAL) pagar, consultar o nível de água no reservatório e o mapa das agências em todas as partes de Luanda.

O projecto, criado em 2014, foi desenvolvido pelos estudantes João Tchali, finalista do curso de electrónica e telecomunicações, no ITEL, Welviria Xavier, Maura Firmino, estudantes do 5.º ano do curso de electrónica e telecomunicações no ISUTIC, e Mateus Tiago, professor e coordenador do grupo .

"A EPAL ainda funciona com os contadores analógicos e, algumas vezes, os consumidores reclamam de terem pagado um valor que não se conjuga com que consumiram, então, foi desenvolvido este sistema pré-pago com o intuito de se implantar nas residências de modo a fazer a racionalização da água potável, a consulta e o pagamento de acordo com o que o cliente consumiu", explica Mateus Tiago. (...)


(Leia o artigo integral na edição 522 do Expansão, de quarta-feira, dia 3 de Maio de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i