'Guerra' tecnológica contra a Huawei terá impacto em África

'Guerra' tecnológica contra a Huawei terá impacto em África
Foto: D.R.

A ordem executiva da administração Trump, que declarou "emergência nacional", visa directamente a Huawei e as suas subsidiárias, mas terá um impacto em todo o mundo, defendem especialistas em tecnologias e em cibersegurança, alertando que as redes na Europa, África e Ásia dependem de equipamentos do gigante chinês.

A guerra comercial entre os EUA e a China subiu de tom com a imposição de novas tarifas e com a administração Trump a colocar a Huawei numa "lista negra", numa decisão de "emergência nacional", que impede o gigante das telecomunicações chinês de comprar peças e tecnologias americanas.

A ordem executiva de Donald Trump dá ainda instruções ao Departamento de Comércio para elaborar um plano que impeça as empresas americanas de usarem e comprarem equipamentos de telecomunicações fabricados por companhias estrangeiras que são um "risco para a segurança nacional".

Ao declarar abertamente uma "guerra tecnológica contra a China", numa altura em que a Huawei lidera o desenvolvimento da tecnologia 5G, a Casa Branca afecta "cadeias globais de fornecimento", que envolvem empresas americanas e provoca um "efeito cascata" em todo o mundo, que afecta "redes na Europa, África e Ásia que dependem dos equipamentos da Huawei",advertem especialistas.

"Ninguém vê essa medida como construtiva ou amigável", afirmou o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Lu Kang, em conferência de imprensa, pedindo aos EUA para parar "com essas práticas".

Na quarta-feira, três dias depois de a China anunciar tarifas sobre importações de produtos dos EUA no valor de 60 mil milhões USD, o Presidente Trump emitiu uma ordem executiva instruindo o secretário do Comércio, Wilbur Ross, a proibir as transacções que representam um risco inaceitável às telecomunicações americanas, sem nomear empresas ou países. (...)


(Leia o artigo integral na edição 524 do Expansão, de quarta-feira, dia 17 de Maio de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i