Reabilitação do Aeroporto 4 de Fevereiro vai custar 100 milhões USD aos cofres do Estado

Reabilitação do Aeroporto 4 de Fevereiro vai custar 100 milhões USD aos cofres do Estado
Foto: Lídia Onde

As obras no maior aeroporto do País terão uma duração de 18 meses. O objectivo é aumentar a capacidade de passageiros, passando dos actuais 1,5 milhões ano, para 3 milhões.

As obras de reabilitação do Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro deverão arrancar ainda este ano e vão custar 100 milhões USD aos cofres do Estado, apurou o Expansão junto de fontes do Ministério dos Transportes.

Esta reabilitação deverá durar 18 meses e o concurso público será lançado em breve, adianta a fonte, acrescentando que esta intervenção visa harmonizar os serviços do maior aeroporto operacional do País, bem como oferecer maior segurança às companhias aéreas. Aumentar a capacidade em termos de fluxos de passageiros é outro dos objectivos. Uma vez que têm sido adiadas as obras do novo aeroporto, é necessário aumentar e melhorar a capacidade de resposta do actual, cujas obras vão ampliar e modernizar as actuais instalações, refere a fonte do Ministério dos Transportes.

A empreitada aprovada pelo Presidente da República através de um despacho publicado em Diário da República, no dia 11 de Março, é de carácter urgente e contempla ainda a extensão do taxiway, ampliação e remodelação do protocolo Presidencial e o posicionamento da torre de controlo.

Numa primeira fase, indicam as fontes do Mintrans, o actual terminal de passageiros será intervencionado no sentido de aumentar a sua capacidade, passando dos actuais 1,5 milhões para 3 milhões de pessoas a passar anualmente pelo aeroporto. (...)


(Leia o artigo integral na edição 525 do Expansão, de quarta-feira, dia 24 de Maio de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i