INAGBE abre bolsas internas com candidatura obrigatória pela internet

INAGBE abre bolsas internas com candidatura obrigatória pela internet
Foto: César Magalhães

As candidaturas às 6.500 vagas em todas as regiões académicas terão de ser feitas, obrigatoriamente, pelo portal INAGBE Online, inviabilizando interferências com o objectivo de favorecer candidatos. As bolsas vão de 55 mil kz mensais, para graduações, a 100 mil kz, no caso das pós-graduações.

Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE) abre, esta sexta-feira, o processo de candidaturas às 6.500 bolsas de estudo internas, em todo o território nacional, no ano académico de 2019, processo que decorre até ao dia 22 de Junho e que, pela primeira vez, é feito exclusivamente pela internet, através do portal do INAGBE.

Este ano foram disponibilizadas 5.500 vagas para o curso de graduação e 1.000 para a pós-graduação, perfazendo um total de 6.500 vagas distribuídas em todas as regiões académicas, por quotas. Os candidatos deverão submeter as suas candidaturas ao portal www.inagbeonline.com.

No ano passado, o subsídio da bolsa interna de pós-graduação atribuída pelo INAGBE baixou de 120 para 100 mil kz mensais, enquanto o subsídio de graduação manteve-se nos 55 mil kz mensais.

Apesar do reajuste do Orçamento Geral do Estado (OGE), que resultou numa diminuição da verba para o Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, de 77,8 para 75,4 mil milhões Kz, representando uma queda de 3,1%, o valor do subsídio das bolsas manteve-se.

Criado para facilitar o acesso às bolsas de estudo internas e externas de graduação e pós-graduação, o INAGBE Online vai trazer inúmeras vantagens ao instituto, concretamente na triagem automática das candidaturas, refere a directora geral do INAGBE, Ana Paula Elias. "Nós ganhamos muito com as candidaturas online porque poderá permitir ao candidato, por exemplo, aceder ao portal em qualquer lugar e efectuar a sua candidatura.

Por outro lado, vai permitir fazer a gestão actualizada do candidato, pois o portal apresenta várias ofertas de bolsas internas e externas e quando alguém se candidata e não é seleccionado, quando surge uma outra oferta, não será necessário efectuar outro cadastramento, basta actualizar os dados", explica a directora geral do INAGBE. (...)


(Leia o artigo integral na edição 525 do Expansão, de quarta-feira, dia 24 de Maio de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i