Director João Armando

Estudantes da UTANGA protestam contra a subida em 50% dos emolumentos

Estudantes da UTANGA protestam contra a subida em 50% dos emolumentos
Foto: Adjali Paulo

Estudandes dizem que os aumentos dos preços não são acompanhados por melhorias nos serviços e queixam-se da falta de cartão de estudante, dos ar condicionados avariados e de insegurança.

Estudantes da Universidade Técnica de Angola (UTANGA) protestaram esta semana contra a subida em 50% da maior parte dos emolumentos praticados pela instituição, por considerarem que estes aumentos não foram acompanhados por melhorias dos serviços.
Entre várias razões, os estudantes estão a reclamar também a falta de cartões de estudantes, mas também das avarias nos ar condicionados, da falta de segurança, e o aumento de 50% das declarações de notas, de melhorias de notas, de exames de recurso e exames especiais. Os estudantes, que protestaram em frente às instalações da Universidade, contestam ainda os aumentos nos emolumentos de mudanças de turno, de mudanças de curso e do aumento em 150% dos emolumentos para mudança de turma.
Em declarações ao Expansão, o secretário geral da UTANGA, Filipe Inglês, justifica o aumento nos emolumentos com a necessidades de suportar as despesas da Universidade: "Há aumentos em alguns emolumentos como a declaração, recurso, disciplina em atraso porque, neste momento, está insustentável suportar a compra de materiais como papel, tinteiro e outros".

(Leia o artigo na integra na edição 526 do Expansão, de sexta-feira 31 de Maio de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i