Director João Armando

Só 14 em cada 100 turistas que entraram no País são africanos

Só 14 em cada 100 turistas que entraram no País são africanos
Foto: Adjali Paulo

A Europa continua a ser o principal continente emissor, apesar da quebra de 37% de visitantes daquela zona do globo em 2017. As visitas de serviço são as que mais caíram e a saída de expatriados é apontada como principal factor. Há cada vez menos empresários a procurar negócios em Angola.

Por cada 100 turistas que chegaram às fronteiras angolanas em 2017, 14 eram africanos, revelam os dados do Anuário do Turismo 2016-2017, publicado pelo Ministério do Turismo (Mintur) no final de Maio.
Os dados indicam que em 2017 chegaram a Angola um total de 260,9 mil turistas dos quais 40,7 mil, ou seja 14,1%, eram provenientes de países africanos. Em termos homólogos, a chegada de turistas africanos registou uma variação negativa de 22%, ou seja, cerca de 12 mil pessoas optaram por outros destinos para as suas férias ou negócios.
A África do Sul, a nível do continente, é o maior mercado emissor de turistas para Angola. Em 2017, entraram nas fronteiras nacionais 38.282 turistas sul-africanos.
Europa lidera número de turistas em Angola
A Europa continua a ser o maior mercado emissor de turistas com destino a Angola, apesar de se registar alguma quebra nos últimos anos.
Há dois anos, 52% dos turistas que entram em Angola vinham daquele continente, ou seja, 134,4 mil europeus entraram no País para passar alguns dias de férias, em serviço ou negócios, contra os 213 mil de 2016.

(Leia o artigo na integra na edição 527 do Expansão, de sexta-feira 7 de Junho de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i