Director João Armando

FMI decide segunda tranche a Angola a 12 de Junho

FMI decide segunda tranche a Angola a 12 de Junho
Foto: D.R.

O Conselho Executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI) vai apreciar a 12 de Junho os resultados da primeira avaliação ao programa de financiamento a Angola, que se passar no "crivo" do "board"do fundo sedeado em Washington deverá libertar a segunda tranche do financiamento, no valor de 250 milhões USD.

Esta reunião surge numa altura em que se fala em divergências entre o FMI e o Governo, já que algumas das metas que constam no programa de financiamento de 3,7 mil milhões USD não foram cumpridas. É o caso da revisão à Lei do Combate ao Branqueamento de Capitais e Financiamento ao Terrorismo, em linha com as normas internacionais, particularmente no que toca às Pessoas Politicamente Expostas (PEP), que deveria ter dado entrada na Assembleia Nacional até ao final de Março.
Em resposta a questões do Expansão, no final de Maio, o Ministério das Finanças admitiu que esta meta "não foi claramente cumprida nos prazos definidos, mas que deverá ser cumprida ainda em 2019. Dada a importância e a seriedade da matéria em causa, será necessário tempo adicional para o seu cumprimento". O MinFin garantiu que, "no caso deste programa, pela sua natureza, as metas não são estanques e podem sofrer updates [actualizações] em função da evolução da própria conjuntura macroeconómica".

(Leia o artigo na integra na edição 527 do Expansão, de sexta-feira 7 de Junho de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i