Director João Armando

Consórcio de oito bancos tem disponíveis 141 mil milhões Kz para apoio ao sector produtivo

Consórcio de oito bancos tem disponíveis 141 mil milhões Kz para apoio ao sector produtivo
Foto: Lídia Onde

BAI, BFA e BIC vão conceder 30 mil milhões Kz cada. O Standard disponibilizará 20 mil milhões Kz. Millennium Atlântico vai financiar 15 mil milhões.BNI, BCH e BCI também entram.

Um consórcio de oito bancos vai disponibilizar até final do ano 141 mil milhões Kz para financiar o Programa de Apoio ao Crédito (PAC). O acordo de financiamento assinado, esta semana, entre o Governo, banca e o Fundo de Garantia de Crédito (FGC) visa facilitar o acesso ao crédito aos produtores que estejam disponíveis para produzir 54 bens, no âmbito do Programa de Produção Nacional, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI).
O financiamento resulta dos memorandos de aplicação do PAC assinados entre o Ministério da Economia e Planeamento (MEP), órgão que vai monitorar o programa, Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), FGC e oito bancos comerciais que aderiram à campanha.
Os bancos BAI, BFA e BIC vão conceder 30 mil milhões Kz cada, enquanto o Standard Bank disponibilizará 20 mil milhões Kz. Millennium Atlântico vai financiar 15 mil milhões Kz.
Os bancos de Negócios Internacional (BNI) e o Comercial do Huambo (BCH) vão disponibilizar 6 mil milhões Kz cada, enquanto o BCI fica nos 4 mil milhões Kz.
Quanto aos beneficiários, o BDA e FGC vão priorizar os empresários que já produzem parte dos 54 produtos e que pretendam expandir a sua actividade com os financiamentos agora disponibilizados.

(Leia o artigo na integra na edição 527 do Expansão, de sexta-feira 7 de Junho de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i