Aumentos dos preços nas facturas da luz afinal só 'arrancam' a partir de 15 de Julho

Aumentos dos preços nas facturas da luz afinal só 'arrancam' a partir de 15 de Julho
Foto: César Magalhães

Questões técnicas e operacionais obrigaram o Ministério das Finanças (MinFin) a protelar a entrada em vigor do novo tarifário para a energia eléctrica.

O prazo da entrada em vigor do aumento da tarifa de luz foi alargado para dia 15, vinte dias depois da data anunciada anteriormente.

Através de um comunicado o Ministro das Finanças (MinFin), indica que à luz do Decreto Executivo 122/19, de 24 de Maio, que aprova as novas tarifas de venda de energia eléctrica, é adiada a implementação do novo regime tarifário da energia eléctrica, que deveria vigorar desde o passado dia 24 de Junho.

De acordo com o MinFin, as novas tarifas irão entrar em vigor apenas a partir do dia 15 de Julho, por razões técnicas e operacionais das instituições responsáveis por assegurar este procedimento.

O comunicado acrescenta ainda que esta actualização dos tarifários dos serviços de electricidade, decorre de uma medida estrutural de gestão macroeconómica, que passa por garantir, que os subsídios beneficiem efectivamente os segmentos mais vulneráveis da população, contrariamente ao que vinha sucedendo até aqui.

"Neste sentido, as novas tarifas introduzem mecanismos de protecção dos consumidores com menores rendimentos, para além de outras medidas de protecção social, que estão a ser adoptadas pelo Executivo", refere o documento. (...)


(Leia o artigo integral na edição 531 do Expansão, de sexta-feira, dia 5 de Julho de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i