Mansão em Londres comprada por 'offshore' atribuída a Isabel dos Santos

Mansão em Londres comprada por 'offshore' atribuída a Isabel dos Santos
Foto: Christian Eriksson - Finance Uncovered

Organização inglesa defende investigação sobre a origem do dinheiro que alegadamente permitiu à filha do ex-Presidente comprar uma mansão num dos condomínios mais caros de Londres, em 2007, e que a empresária quer reconstruir com uma cave com piscina, sauna, ginásio, adega e sala forte.

Uma polémica local em torno de um projecto de demolição e reconstrução de uma mansão num condomínio privado, num dos bairros mais caros de Londres, permitiu revelar que a proprietária é a empresária angolana Isabel dos Santos, que terá adquirido o imóvel em 2007, através de uma empresa offshore sediada na Ilha de Man, um dos paraísos fiscais mais utilizados por investidores angolanos.

Segundo uma investigação do projecto Finance Uncovered, que teve o apoio do projecto Maka Angola, o edifício de dois andares terá custado cerca de 8,65 milhões de libras (cerca de 9,3 milhões de euros a câmbio actual), valor pago a pronto, e valerá actualmente mais de 13 milhões de libras (14 milhões de euros).

O caso tornou-se conhecido após um morador ter mostrado descontentamento com os planos da filha do ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos, que terá obtido autorização das autoridades locais para demolir o edifício e, no seu lugar, construir uma nova mansão com um total de quatro pisos.

Segundo a investigação, para a qual contribuiu o investigador angolano Rafael Marques, em 2016, um morador terá mostrado preocupação com a perturbação do sossego da zona, quer pelo impacto da obra, quer devido ao eventual "ressentimento e sentimento de divisão" que a futura moradora poderia causar junto dos restantes residentes do exclusivo condomínio fechado de Kensington Green, onde um apartamento T2, por exemplo, custa mais de 2 milhões de euros. (...)


(Leia o artigo integral na edição 537 do Expansão, de sexta-feira, dia 16 de Agosto de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i