Estado lucra mais de 21 milhões kz com sistema electrónico de bilhete

Estado lucra mais de 21 milhões kz com sistema electrónico de bilhete
Foto: ARQUIVO
EXPANSÃO

O novo sistema de pagamento dos transportes públicos tem o objectivo de corrigir o deficiente controlo de passageiros e a fuga de receitas.

O Estado arrecadou com o lançamento piloto do sistema electrónico de bilhetes nos transportes públicos cerca de 21 milhões Kz, provenientes de 10 autocarros das quatro operadoras existentes em Luanda, que percorreram as linhas do Porto/Cacuanco/ Porto/Ilha e Kapalanca / Largo das Escolas.

O sistema electrónico de pagamento de bilhetes dos transportes é um projecto do Instituto Nacional dos Transportes Rodoviários (INTR), que se enquadra no Programa de Modernização dos Transportes Públicos, para corrigir a actual falta de controlo de passageiros e a fuga de receitas, entre outras situações.

Com esta experiência piloto, que se iniciou em Luanda, o INTR conseguiu detectar que, durante o mês de Abril, circularam nos transportes públicos 432 mil passageiros dentro de 6.150 viagens realizadas e percorridos 95 mil quilómetros.

O sistema, como disse o director adjunto do INTR, Enio Costa, vai trazer inúmeras vantagens para o Estado, para os passageiros e para as operadoras. (...)


(Leia o artigo integral na edição 538 do Expansão, de sexta-feira, dia 23 de Agosto de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i