Despesa com ensino superior sobe 13% na proposta do OGE 2020

Despesa com ensino superior sobe 13% na proposta do OGE 2020
Foto: Quintiliano dos Santos

A proposta de OGE para 2020 prevê mais de 83 mil milhões Kz para o ensino superior, uma nova subida face aos quase 74 mil milhões de 2019. Apesar de ser o terceiro ano consecutivo de aumento na despesa nesta área, há quem aponte que isso não se reflecte na prática.

A despesa prevista na proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para o Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) registou um crescimento de 73,761 em 2019 para 83,207 mil milhões kz em 2020, representando um aumento de 13%.

A pós-graduação continua ser a aposta do Governo com um aumento de 224% comparativamente aos 6% para a graduação. Este é o terceiro ano consecutivo em que a despesa com o ensino superior regista aumento dentro do OGE. Mas apesar desta situação, reitores e académicos acreditam que é preciso fazer mais, embora admitam que é passo a passo que se chega lá.

"Teoricamente, a subida para os 13% é uma boa notícia, mas infelizmente do ponto de vista prático a situação tem sido completamente contrária ao que os números dizem. Não quero ser pessimista, mas sim mostrar a realidade que vivemos enquanto gestores de instituições públicas", desabafa o decano da Faculdade de Economia da Universidade Agostinho Neto (FECUAN), Redento Maia. (...)


(Leia o artigo integral na edição 550 do Expansão, de sexta-feira, dia 15 de Novembro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i