BNA fecha 2019 com pior venda de divisas em 11 anos

BNA fecha 2019 com pior venda de divisas em 11 anos
Foto: César Magalhães

Longe vão os tempos em que o banco central injectava 19 mil milhões USD na banca comercial, como acontecia em 2014, no início da crise dos preços do petróleo. Hoje o País tem menos dólares devido à quebra de produção do "ouro negro" e também devido a "políticas muito erradas" na distribuição de divisas pelo banco central.

O Banco Nacional de Angola (BNA) vendeu aos bancos comerciais, de Janeiro a Dezembro deste ano, divisas no valor de 8,4 mil milhões USD, o que representa o pior registo desde 2009, altura em que foram colocado ao mercado 10,6 mil milhões, de acordo com cálculos do Expansão, com base no Mapa consolidado de venda de divisas.

Estas são as consequências da crise do sector petrolífero - principal fonte de receitas do país em moeda estrangeira -, da depreciação do kwanza, que prejudicou o consumo, e da falta de liquidez no segmento bancário e empresarial, como analisam o líder da Associação Industrial der Angola (AIA) e um economista ligado ao Governo ouvidos pelo Expansão.

Do inicio do ano para cá, a moeda nacional depreciou 33,4%, face ao dólar. Ou seja, se no início do ano um dólar custava 308,6 Kz, a 19 de Dezembro, eram necessários mais 154,8 Kz, ou seja 463,4 Kz por dólar.

No espaço de 11 anos, precisamente entre 2009 e Dezembro deste ano, as vendas de divisas deslizaram 21%. A queda foi ainda maior no espaço de um ano. Ou seja, de Dezembro de 2018 a Dezembro deste ano, as vendas de divisas aos bancos comerciais derraparam 37%, situação que o coordenador do curso de gestão e administração pública da Universidade António Agostinho Neto (UAN), Victor Hugo Morais, também justificou com o que qualifica de "políticas muito erradas" no rateio das divisas pelo BNA aos bancos comerciais. (...)


(Leia o artigo integral na edição 555 do Expansão, de sexta-feira, dia 20 de Dezembro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i