OPEP prevê recuo de 19% no consumo de petróleo para 2020

OPEP prevê recuo de 19% no consumo de petróleo para 2020
Foto: DR

Organização de Países Exportadores de Petróleo espera uma queda no consumo do petróleo este ano, mas ainda não acordou uma posição conjunta.

A epidemia do coronavírus deverá provocar um recuo de 19% no consumo estimado de petróleo para 2020, anunciou esta semana a Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP), alertando que o impacto desta crise adiciona incerteza ao futuro da economia global.

O novo cálculo põe o consumo mundial de petróleo durante este ano em 100,73 milhões de barris por dia, menos 230 mil barris do que a estimativa feita em Janeiro, antes do início do surto, que já provocou mais de 1.000 mortos.

"Prevê-se que o crescimento da procura de petróleo na China desacelere em relação ao passado, reflectindo uma menor actividade económica", afirma a OPEP, sublinhando que na revisão pesam especialmente as mudanças do consumo de combustível para transporte, especialmente o aéreo.

A OPEP sublinha que o momento do aparecimento do surto, quando milhões de chineses viajam para visitar as suas famílias devido às festividades do Ano Novo lunar, "exacerbou o impacto na procura do combustível de transporte".

O documento da Organização de Países Exportadores de Petróleo, sublinha que a procura na China, um dos principais consumidores de petróleo do planeta, será na primeira metade do ano inferior em 200.000 barris por dia do que o esperado até agora. (...)


(Leia o artigo integral na edição 561 do Expansão, de sexta-feira, dia 14 de Fevereiro de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i