Das cinco empresas privatizadas na ZEE só uma está a funcionar

Das cinco empresas privatizadas na ZEE só uma está a funcionar

No lote de cinco empresas vendidas, por um terço da avaliação, só a Juntex está a funcionar. A Carton, Univitro, Indugidet e Coberlen estão a ser "engolidas" por capim.

Apenas uma das cinco empresas privatizadas pelo Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE), na Zona Económica Especial (ZEE), está a funcionar, constatou o Expansão no local.

A empresa Juntex, que produz e comercializa argamassa (cimento cola), foi vendida à Ecoindustry por 225 milhões Kz e é a única que está com as portas abertas, enquanto as outras estão a ser "engolidas" por capim.

Vendida a um valor abaixo do preço de avaliação do IGAPE (1.121 milhões Kz), a empresa tem uma capacidade de produção de 65 mil toneladas por ano, equivalente a 3.240 sacos de 20 kg de cimento.

O IGAPE justificou que os novos proprietários estão a tratar das providências necessárias para que comece a funcionar durante o primeiro semestre.

"Existem vários passos próprios do funcionamento de uma indústria que terão de tratar, desde aquisição de matéria-prima, equipamento complementar, contratação de pessoal, licenciamento que obedece a tramitação própria".

O instituto justifica ainda que cada uma das fábricas tem características próprias, de acordo com o seu objecto social, pelo que se espera que comecem a funcionar nos próximos meses.

A unidade industrial Carton, comprada por 100 milhões Kz pela empresa Angolissar, não está em funcionamento, embora os proprietários estejam a efectuar visitas ao espaço com frequência, soube o Expansão.

Já a empresa Univitro, vocacionada para a transformação de vidro e que foi comprada pela Zeepac por 555 milhões Kz, muito abaixo dos 2.689 milhões do valor de avaliação do IGAPE, está ser equipada para mudar o seu objecto social e passar a produzir caixas de plástico. (...)


(Leia o artigo integral na edição 562 do Expansão, de sexta-feira, dia 21 de Fevereiro de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i