Preço médio do Barril de Petróleo dois USD abaixo do OGE 2020

Preço médio do Barril de Petróleo dois USD abaixo do OGE 2020
Foto: D.R.

A previsão do banco de investimento compromete a captação de receitas do Executivo para 2020. Caso se mantenha esta previsão, o Executivo tem duas soluções: ou corta na execução ou revê o OGE baixando as despesas e/ou aumentando as receitas por via de mais endividamento ou impostos.

Poucos dias depois de a Organização dos países produtores de petróleo (OPEP) cortar a sua previsão de procura por petróleo no mundo, como resultado da desaceleração da economia da China, o banco de investimento americano, Goldman Sachs reviu em baixa a sua previsão quanto ao preço médio do Barril do petróleo em 2020, passando de 63 USD para 53 USD, dois dólares abaixo do preço de referência inscrito no Orçamento Geral do Estado para 2020.

O relatório do Goldman Sachs deixa os governos dos países produtores de petróleo, incluindo Angola, em estado de alerta numa altura em que se aguarda pela posição dos outros bancos de investimento, da IEA, da OCDE, uma vez que todos indicavam como previsão do preço médio do petróleo entre 61 USD e 64 USD. O JP Morgan era o mais optimista e previa no relatório emitido em finais de 2019 que o preço médio do crude estaria perto dos 65 USD.

Estas previsões levaram até o Executivo angolano a admitir que o preço médio por barril em 55 USD inscritos no OGE 2020 era "conservador". "O OGE 2020 baseia-se num preço médio das ramas angolanas conservador, de 55 USD, apesar de na terceira semana de Setembro do ano [passado] o preço do Brent estar perto dos 70 USD por conta de ataques às plataformas de petróleo na Arábia Saudita", revela o relatório de fundamentação do documento. (...)

(Leia o artigo integral na edição 563 do Expansão, de sexta-feira, dia 28 de Fevereiro de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i