Estudar no ensino superior privado custa mais de 875 mil kz por ano

Estudar no ensino superior privado custa mais de 875 mil kz por ano
Foto: César Magalhães

Só em propinas, transportes e alimentação, os estudantes do ensino superior privado gastam 875 mil kz por ano, apurou o Expansão numa análise de preços de 10 universidades privadas do País. A estes custos acrescem ainda despesas com livros, materiais escolares, vestuário e defesa de fim de curso.

Cada estudante de uma universidade privada gasta em média 435 mil kz por ano só com propinas, matrícula e inscrição, mas estas são apenas metade das despesas, segundo cálculos do Expansão.

As propinas são o encargo que mais pesa no bolso dos estudantes, mas se juntarmos as despesas de alimentação e de transporte, por exemplo, deixando de fora os livros e o vestuário, um estudante pode gastar em média 875 mil kz por ano.

Estes cálculos foram feitos com base nos preçários das instituições Lusíada de Angola, Metodista de Angola (UMA), Católica de Angola (UCAN), Gregório Semedo, Universidade Independente de Angola (UNIA), Universidade Técnica de Angola (UTANGA), Jean Piaget, Universidade Privada de Angola (UPRA), Instituto Superior Técnico de Angola (ISTA) e Metropolitana de Angola.

E os valores médios podem aumentar ou diminuir em função da escolha do curso (há propinas mensais entre 25 e 48 mil Kz), e de outras despesas de trabalho escolar, como o recurso aos cibercafés, pois a maior parte dos estudantes não têm internet em casa, um encargo que pode custar entre 10 a 15 mil kz para a elaboração de um trabalho, já com impressão e/ou fotocópias. (...)


(Leia o artigo integral na edição 564 do Expansão, de sexta-feira, dia 6 de Março de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i