"A música é o meu emprego, é daí que vem o sustento da minha família"

"A música é o meu emprego, é daí que vem o sustento da minha família"
Foto: D.R.

Tornou-se empreendedora ao criar a linha de bonecas Telma Lee, para lutar contra estereótipos, mas o isolamento mundial condicionou o lançamento do projecto e obrigou-a a congelar a agenda de actuações. Em casa, aposta na sua formação académica

No princípio do ano, anunciou o lançamento da sua boneca, a Telma Lee. Como estão os preparativos?
Temos as coisas meio paradas por causa da situação mundial, da Covid-19. As fábricas contactadas na República da China só agora começam a voltar ao trabalho. Estamos dependentes disso.

Pensa fazer um lançamento virtual, por causa da pandemia?
Sempre esteve nos nossos planos de marketing um lançamento digital, bem como as vendas pela internet. A situação actual só veio sacramentar algo que já estava planificado.

Este é um projecto antigo?
É um projecto novo que é a concretização de um sonho antigo.

O que a levou a apostar na sua veia empreendedora?
Foi a minha forma física, bem como o público-alvo, os fãs que tenho um pouco por todo o mundo, por causa do meu amor pelas crianças, independentemente de ser mãe. Daí ver na minha imagem uma oportunidade de empreender na área dos brinquedos.

Disse que, além de um brinquedo, quer educar as crianças a ter respeito pelo próximo. Sente-se estigmatizada?
Já me senti, mas superei-o. Por essa razão, senti o dever de passar para as gerações, depois de mim ou mesmo anteriores, que devemos respeitar o próximo a fim de também sermos respeitados.

Como quer que as pessoas recebam a sua boneca?
Quero que recebam bem, porque é uma parte de mim que vai estar nela, como quando ponho voz numa letra. É sempre com amor e respeito por quem gosta e aprecia o meu trabalho.

De que forma esta sua aposta pode ajudar a criar novos empregos?
Poderá ajudar, de forma indirecta. Ajuda as pessoas a quem venderemos e que vão distribuir os produtos da marca Telma Lee, por exemplo. Futuramente poderá vir a criar empregos, de forma directa.

Como está a sua agenda? Teve de cancelar compromissos?
Tivemos de cancelar algumas actividades. Cancelámos actuações na província da Lunda Sul, Catoca, casamentos e noivados em Luanda, gravação de videoclips, etc.. Tenho agenda para os meses do segundo semestre do ano, mas tudo dependerá de como as coisas estarão até lá.

O que tem feito para reverter o efeito negativo do isolamento social?
A companhia da minha família tem sido fundamental, os grupos de oração da igreja, a participação em lives, mais interacção com os meus fãs e seguidores, leituras.

Como está a ser a experiência de voltar a estudar?
Está a ser muito boa.

Disse que está muito focada no regresso às aulas. Pensa colocar de parte a música e apostar mais na formação académica?
Não, pôr de parte não. Mas, sim, dar mais atenção à formação do que à música, porque primeiro está a formação do ser humano. A música, não posso esquece-lo, é actualmente o meu emprego e é daí que vem o sustento da minha família. Tentarei conciliar com a formação académica. Vou jogando com o calendário escolar e as minhas datas de show e actividades ligadas à música.

É uma pessoa poupada?
Sou do tipo mais poupada.

A mulher que se fez boneca, com a música na alma

O seu nome de registo é Telma Manuel, mas nas lides musicais é conhecida por Telma Lee. Despontou no mercado musical depois de participar no concurso Angola Encanta. Apesar de não ficar em primeiro lugar, chamou a atenção de produtores pelas suas cordas vocais. Hoje, aos 27 de idade, Telma decidiu abraçar o empreendedorismo ao desenhar uma boneca com as suas características físicas, que fizeram com que já fosse alvo de bullying.

Mãe de um menino, define o seu estado civil como "namorando". Voltou a estudar e frequenta o segundo ano do curso de Relações Internacionais. O tempo que passa em casa, por causa do isolamento forçado, é passado entre a cozinha e o telefone. A Bíblia está sempre na sua mesinha de cabeceira. Com a agenda parada, Telma Lee tem vários projectos em carteira que serão revelados em tempo oportuno.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i