Reabilitação da EN 230 vai custar 1,4 mil milhões Kz ao Governo

Reabilitação da EN 230 vai custar 1,4 mil milhões Kz ao Governo
Foto: César Magalhães

As más condições da EN230 "forçou" a paralisação dos serviços de transporte de passageiros e reduziu a transportação de mercadorias diversas.

Para a reabilitação da Estrada Nacional EN230, que liga as províncias de Malanje e Lunda Sul, o Governo vai gastar 1.450 milhões Kz, de acordo com o despacho presidencial n.°85/20 de 15 de Junho, que autoriza a contratação simplificada para a realização da obra.

O documento atribui ao Ministério das Obras Públicas e Ordenamento do Território a responsabilidade de proceder à contratação das empresas de construção e fiscalização referentes aos 10 lotes que compõem a estrada em referência.

A extensão da EN230 é de 625 quilómetros e envolve 20 empresas entre construtoras, fiscalização e dois projectistas, acrescenta o diploma. A assistência técnica é garantida pelo Instituto de Estradas de Angola (INEA) e a obra está inscrita no Programa de Investimentos Públicos (PIP).

As más condições que apresenta a EN230, que liga Malanje à zona leste do País, forçou à paralisação dos serviços de empresas de transporte de passageiros e dificulta o transporte de combustíveis e mercadorias diversas na região.

(Leia o artigo integral na edição 579 do Expansão, de sexta-feira, dia 19 de Junho de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i