Tudo está mal!

Tudo está mal!
Foto: D.R.

Está, realmente, "tudo mal", ou basta mudar o pouco que está mal para ficar tudo remediadamente bem? A falta de humildade e a arrogância nunca deram bons resultados. Se a estes dois factores, juntarmos a ignorância e a falta de sentido de cidadania, a mistura torna-se explosiva.

Claro que os praticantes das artes de mal dizer, apontam o dedo sempre para a frente. Nunca fazem o exercício introspectivo de analisarem se as decisões que tomaram, foram as correctas ou se, eventualmente, irão prejudicar mais que ajudar. A culpa é sempre dos outros. Os erros, foram sempre cometidos pelos outros. A nova geração, então, é especialista em atribuir responsabilidades aos mais velhos. Os mais velhos é que fizeram mal, os mais velhos é que não pensaram, os mais velhos é que geriram de forma errada, os mais velhos é que têm a culpa de tudo estar mal. Esquecem-se que foram os mais velhos que se sacrificaram para que os mais novos pudessem agora, do alto da sua arrogância, cuspir no prato que comeram. Sim, os mais velhos já poucos dentes têm para comer... o prato grande, esse tem vindo a ser comido, de há uns anos para cá, exactamente pelos mais novos.

A humildade, a sabedoria, a empatia e o espírito de missão, não se compram com cursos tirados à pressa numa qualquer instituição de ensino, cuja principal pedagogia é encher os bolsos à custa de papalvos a troco de um título de doutor. O espírito de sacrifício, a abnegação e o amor ao País e aos concidadãos, não se aprende nas festas de socielite, onde o que importa é mostrar que se ganhou mais dinheiro que o vizinho do lado. No percurso, ficou para trás, no esquecimento, a história, os sacrifícios e a experiência adquirida ao longo de gerações. Quem despreza o passado, nunca terá sucesso no futuro, pois terá sempre tendência a cometer os mesmos erros. Para se crescer, para se desenvolver e para se destacar dos demais, há que ter sempre presente a história do passado.

*Coordenador do Conselho Nacional de Normalização Contabilística de Angola (CNNCA)

(Leia o artigo integral na edição 586 do Expansão, de sexta-feira, dia 7 de Agosto de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i