BAI devolve valores de comissões cobrados indevidamente nos últimos dias

BAI devolve valores de comissões cobrados indevidamente nos últimos dias
Foto: D.R.

Pelo menos 80 mil contas em moeda estrangeira domiciliadas no BAI foram alvo de um erro de cobrança de comissões de manutenção, imposto de selo e imposto sobre o valor acrescentado, entre o final da semana passada e o último domingo. O BAI já pediu desculpa aos clientes e assegura que a partir de hoje e até ao próximo dia 20 vai devolver a totalidade dos valores debitados indevidamente.

Nos últimos dias os clientes receberam mensagens nos telemóveis, indicando débitos para pagamento de comissões de manutenção da conta e os respectivos impostos de selo e valor acrescentado, referentes aos anos de 2017, 2018 e 2019.

Segundo a nota, a cobrança e débito das comissões de manutenção, estabelecidas no acordo geral, nos termos de prestação de serviços e preçário do banco, são efectuadas sob todas as contas tituladas pelos clientes com periodicidade mensal. Porém, devido a problemas técnicos (incluindo a falta de provisões nas referidas contas), somente foi possível efectuar a cobrança e liquidação nesta altura, processo que decorreu ao longo dos dois últimos fins de semana.

Em nota de imprensa emitida hoje a administração do BAI reconhece que o banco errou, e solicita aos clientes que concedam ao Banco a oportunidade para corrigir o mesmo.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i