Estado encaixa 22,8 milhões de dólares com a venda de quatro unidades industriais

Estado encaixa 22,8 milhões de dólares com a venda de quatro unidades industriais
Foto: Arquivo Expansão

O Estado vai encaixar mais de 14 mil milhões kz, o equivalente a 22,8 milhões USD com a aprovação, esta semana, de 4 propostas para a aquisição de unidades na Zona Económica Especial, informou o Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado IGAPE, num comunicado a que o Expansão teve acesso. Das 13 unidades industriais integradas na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda-Bengo que o Estado colocou recentemente em privatização apenas quatro receberam propostas consideradas justas pela comissão de negociação para a privatização destes activos.

As empresas Anglobal, Ferpinta e Angolallbox são os compradores apurados, podendo vir a ser os novos donos da Mangotal - Indústria de torres metálicas, Galvanang - Indústria de galvanização a quente, a Vedatela - Indústria de vedações de arames e da Induplast - Indústria de sacos de plástico.

Ainda de acordo com o IGAPE, decorre o processo de negociação de propostas das restantes 9 unidades. Os investidores concorrentes foram convidados a adequar as suas ofertas ao intervalo de valores definido pelo IGAPE, que pretende seleccionar investidores com capacidade de operar as unidades industriais, gerando emprego e produtos e serviços para a economia, bem como garantir que o preço pago pelas unidades cumpra com o interesse público.

(Leia o artigo integral na edição 591 do Expansão, de sexta-feira, dia 11 de Setembro de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i