Angola na Assembleia geral da Organização Mundial da propriedade Intelectual

Angola na Assembleia geral da Organização Mundial da  propriedade Intelectual
Foto: D.R.

Angola participa, a partir desta segunda-feira, 21 de Setembro, e até ao próximo dia 25, em Genebra, na 61ª Sessão da Assembleia Geral da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), uma das 15 agências especializadas da ONU com o propósito de incentivar a actividade criativa e promover a protecção da propriedade intelectual em todo o mundo.

Esta sessão tem como ponto principal a apresentação do relatório do director-geral cessante, focado nos desafios do futuro, bem como a aprovação do relatório do auditor externo sobre a organização, as declarações financeiras e listas de decisões adoptadas pelo Comité de programas e orçamento.

Angola, como Estado membro do Comité de Coordenação da OMPI e da Assembleia da União de Paris, vai reforçar a necessidade de implementação de políticas, para garantir o equilíbrio e a representatividade geográfica dentro do Secretariado da instituição.

A OMPI presta assistência técnica aos Estados membros, e neste âmbito Angola poderá beneficiar do apoio tecnológico, para proceder à modernização do Sistema dos Serviços de Propriedade Industrial do país, adequando-o às normas e critérios internacionais.

A OMPI, criada em 1967, é uma das 15 agências especializadas da ONU, que tem como intervenção principal incentivar a actividade criativa e promover a protecção da propriedade intelectual em todo o mundo.

Tem também como missão a transferência de tecnologia relacionada com a propriedade industrial dos países em desenvolvimento, a fim de acelerar o seu desenvolvimento cultural.

Com sede em Genebra, Suiça, integra actualmente 191 Estados membros e administra 26 Tratados Internacionais.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i