Emirates retoma rota para Luanda às quintas-feiras

Emirates retoma rota para Luanda  às quintas-feiras
Foto: D.R.

A Emirates, companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos, retomou de forma gradual as operações no País, com um voo semanal, às quintas-feiras, num Boeing 777300 ER, com capacidade para 360 passageiros.

O primeiro voo teve lugar no dia 1 de Outubro, com uma taxa de ocupação de 75% da capacidade do aparelho e com três filas, correspondentes a 10 lugares, reservadas para o caso de vir a ser detectado um caso suspeito durante o voo, a fim de evitar o contágio da Covid-19 a outros passageiros.

Até ser declarada a pandemia da Covid-19, a Emirates tinha ligações para 150 aeroportos no mundo e passou a operar para 94 destinos, 20 deles em África.

De acordo com o representante da Emirates no País, Luís Berenguel, não houve alterações nas tarifas, nem restrições de passageiros e não há qualquer custo adicional para cobrir iniciativas da companhia.

"O nosso objectivo é manter as taxas de ocupação entre os 70 e os 75% da lotação, de forma a garantir a viabilidade comercial da rota. Aliás, temos tarifas que noutras alturas não estariam disponíveis com os voos reduzidos, portanto, pretendemos contribuir de forma activa para a retoma económica do País", afirmou, durante um encontro com jornalistas.

(Leia o artigo integral na edição 595 do Expansão, de sexta-feira, dia 9 de Outubro de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i