Nigéria com apoio do FMI mais alto entre 80 economias

Nigéria com apoio do FMI mais alto entre 80 economias
Foto: D.R.

O governo da Tunísia vai injectar 1,5 mil milhões USD nas empresas estatais para ajudar a reformar as que enfrentam maiores dificuldades e para assegurar aumentos salariais para os funcionários públicos, anunciou o primeiro-ministro, Hichem Mechichi.

A decisão contraria a pressão dos credores internacionais para a reforma das empresas públicas e congelamento dos aumentos salariais no sector público, como parte das medidas para reduzir o défice orçamental. Os salários na função pública subiram para mais do dobro na última década, passando de 2,8 mil milhões USD para 6,1 mil milhões USD. No próximo ano, o país precisa de 7,0 mil milhões USD em empréstimos, 6 mil milhões dos quais externos.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i