Em Outubro o Kwanza desvalorizou 5,71% face ao dólar

Em Outubro o Kwanza desvalorizou 5,71% face ao dólar
Foto: D.R.

Outubro voltou a ser um mês depreciativo para a moeda nacional que desvalorizou 5,71% face ao dólar. O kwanza fixou-se numa taxa de câmbio média de referência de 668,84 kwanzas por dólar.

De acordo com a newsletter da Comissão do Mercado de Capitais, desde o início do ano o kwanza já desvalorizou 26,35% face à moeda norte-amercicana.

Seguindo a taxa oficial do Banco Nacional de Angola, hoje, com um dólar comprava 660,96 kwanzas, ao passo que um euro valia 780,86. Na rua, nas "kinguilas' o kwanza estava a ser negociado a 795, por cada dólar, e o euro a 900.

O volume de colocações de divisas situou-se em Outubro nos 85 milhões USD. A incerteza do mercado, por via da crise dos preços do petróleo e da pandemia fez disparar as "yields' dos Eurobonds, ou seja a taxa de juro a que os investidores estariam dispostos a financiar o Estado.

A Palanca I com maturidade de 10 anos (emitida em 2015), a Palanca II com maturidade de 10 anos (emitida em 2018), e a Palanca III com maturidade de 30 anos (emitida em 2018), apresentaram um crescimento de 0,41, 0,22, e 0,22, sendo negociadas a 13,204%, 12,523% e 12,231%, respetivamente.

O documento dá também destaque ao desempenho negativo das 'commodities' em outubro, com exceção do trigo

O preço do barril de petróleo Brent, principal referência das exportações angolanas fixou-se em 37,46 dólares (31,57 euros) no final de Outubro, registando uma variação acumulada negativa de 8,52% face a Setembro, "influenciado pelo aumento das restrições em muitos países devido à segunda vaga do novo coronavírus, especialmente nos EUA e na Europa".

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i