Estado arrecadou 355 mil milhões Kz com a alienação de 36 activos

Estado arrecadou 355 mil milhões Kz com a alienação de 36 activos
Foto: Arquivo Expansão

O Executivo arrecadou 355 mil milhões Kz com a alienação de 36 activos escolhidos para privatização, no âmbito do programa de privatizações (Propriv), informou na segunda-feira o secretário de Estado das Finanças e do Tesouro, Osvaldo João.

O concurso público de privatização das 13 unidades industriais, localizadas na Zona Económica Especial Luanda-Bengo, "está concluído, tendo sido adjudicadas todas as unidades. O valor global dos contratos assinados é de 30 mil milhões Kz", lê-se na nota de imprensa partilhada após a reunião mensal da comissão nacional interministerial responsável pela implementação do programa de privatizações.

Sobre o concurso público de alienação de 12 empreendimentos agro-industriais, a comissão informa que foram adjudicados dois complexos de silos, localizados na Matala, Província da Huíla, e uma fábrica de processamento de tomate, localizada no Dombe Grande, província de Benguela.

O valor global dos contratos com a alienação dos três empreendimentos agro-industriais é de aproximadamente 2 mil milhões Kz.

Quanto aos restantes 9 activos não adjudicados serão encaminhados para um leilão electrónico, cujas regras e procedimentos serão tornados públicos depois de aprovadas pela comissão interministerial.

No âmbito do concurso público para a alienação das participações do Estado no sector das bebidas, nomeadamente, de 1% na Cuca, 1% na Ngola e 4% na Eka, a comissão interministerial revela que serão adjudicadas duas participações, nomeadamente, da Cuca e da Ngola. Relativamente à Eka, o processo continua, mas a comissão remete mais esclarecimentos para os próximos tempos.

A Sonangol já arrancou com 39 processos de alienação de participações, encontrando-se os mesmos em várias fases de progressão.

(Leia o artigo integral na edição 603 do Expansão, de sexta-feira, dia 4 de Novembro de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i