Provisões não gastas pela Zâmbia financiam orçamento suplementar

Provisões não gastas pela Zâmbia financiam orçamento suplementar
Foto: D.R.

O ministro das Finanças, Bwalya Ng"andu, apresentou um orçamento suplementar de 300,3 milhões USD para 2020, que será financiado pela poupança gerada por provisões não gastas.

Os gastos adicionais serão canalizados para pagamentos de combustível e electricidade e despesas pendentes com pessoal médico adicional. A declaração de Bwalya Ng"andu não inclui qualquer referência ao pagamento da dívida externa, parte da qual está em incumprimento desde 13 Novembro, altura em que o governo falhou um pagamento de 42,5 milhões USD. O governo tenta negociar com credores externos o adiamento dos pagamentos até Abril de 2021, e formalizou um pedido de empréstimo ao FMI para lidar com a dívida.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i