Documentos caducados de estrangeiros ficam válidos até 28 de Fevereiro devido à pandemia

Documentos caducados de estrangeiros ficam válidos até 28 de Fevereiro devido à pandemia
Foto: D.R.

Um decreto executivo do Ministério do Interior mantém válidos até dia 28 de Fevereiro próximo, os documentos oficiais que autorizam a permanência de cidadãos estrangeiros em Angola, caducados desde Fevereiro de 2020.

O decreto datado de 5 de Janeiro diz respeito a autorizações de permanência, cartão de refugiado, vistos de investidor, de trabalho, de permanência temporária e de estudo.

Entram também nesta prorrogação até 28 de Fevereiro, os vistos de turismo, de curta duração e de fronteira, caducados a partir de 28 de fevereiro de 2020, devido ao encerramento dos postos de fronteira, o que impediu os cidadãos estrangeiros de revalidarem os respectivos documentos.

"Ao abrigo do decreto presidencial 314/20, de 11 de dezembro, sobre as medidas excecionais e temporárias a vigorar durante a situação de calamidade pública, vários cidadãos estrangeiros ficaram retidos no país. Esses cidadãos deverão abandonar, voluntariamente, o território nacional, sempre que as circunstâncias o permitirem", refere o decreto.

As autoridades nacionais não poderão em qualquer circunstância aplicar multa por falta de renovação de autorização de residência ou por falta de renovação de vistos.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i