Director Carlos Rosado de Carvalho

Ataque a pipeline reduz produção petrolífera para perto de metade

Ataque a pipeline reduz produção petrolífera para perto de metade

Grupo rebelde reivindicou ataques a instalações petrolíferas de multinacionais como Shell e Chevron, no Sul do país.

Um importante pipeline situado no delta do Níger, na região Sul da Nigéria, foi três vezes atacado na passada semana, o que provocou uma redução de perto de 50% na produção petrolífera do país. A região em causa, a curta distância da fronteira com o Camarões, é aquela onde está concentrada a maior parte das infra-
-estruturas petrolíferas do país.
Segundo a France-Presse, o grupo rebelde Vingadores do Delta do Níger (NDA) terá sido responsável pelo ataque às infra-estruturas petrolíferas, o que causou uma redução na produção de 2,2 milhões de barris por dia para 1,4 milhões, a mais baixa desde os anos 1990.

Na manhã de sábado passado, os elementos do grupo tomaram como alvo o Nembe Creek Trunk Line, que percorre uma centena de quilómetros (cerca de 62 milhas), através da região do delta até ao terminal de exportação de Bonny, que transporta até 600 mil barris por dia.

(Leia mais na edição em papel do Expansão, de 3 de Junho)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i