Director Carlos Rosado de Carvalho

Assembleia Nacional ganha novas caras, mas há 'veteranos' que se mantêm desde 1992

Assembleia Nacional ganha novas caras, mas há 'veteranos' que se mantêm desde 1992

A nova legislatura arranca em Setembro com deputados a ingressarem pela primeira vez na Assembleia Nacional. Entre "dinossauros", economistas, caras novas e deputados que mudaram de partido, falta ainda saber quais serão nomeados ministros do novo Governo do MPLA, dando lugar aos próximos da lista.

A caminho da quarta legislatura são vários os rostos dos partidos que não conseguiram ser eleitos para a Assembleia Nacional, onde estarão alguns "dinossauros políticos" que se mantêm no parlamento desde 1992.
De acordo com os resultados provisórios, o MPLA, com a eleição de 80 deputados para o círculo nacional, perderá na próxima legislatura algumas das suas figuras dos últimos anos. Eufrazina Gomes Maiato, que ocupa o número 129 da lista, Bento Raimundo, presidente da Associação de Jovens Angolanos Provenientes da República da Zâmbia (AJAPRAZ), que ocupa a posição 112, e a socióloga Maria de Fátima Veigas Tavares, que ocupa o número 107, são alguns dos casos de nomes que ficarão afastados dos cargos de deputados.
Manuel Miguel de Carvalho "Wadigimbi" é outra das figuras que deverá ficar de fora do parlamento, ao ocupar o número 127 da lista de candidatos pelo círculo nacional, e Rosa Escórcio Pacavira (126), que na última legislatura chegou a suspender o mandato depois de ter sido nomeada ministra do Comércio.

(Leia o artigo na integra na edição 437 do Expansão, de sexta-feira 01 de Setembro de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i