Director Carlos Rosado de Carvalho

Brent mantém-se inalterado nos 58 USD

Brent mantém-se inalterado nos 58 USD

Acordo de corte de produção da OPEP expira no final de Março de 2018, mas a possibilidade de uma eventual extensão do prazo parece cada vez mais real.

A OPEP continua a negociar a extensão do actual acordo de corte de produção de petróleo por um período que poderá estender-se até ao final de 2018. Relembre-se que este acordo expira no final de Março 2018, mas a possibilidade de uma eventual extensão do prazo parece cada vez mais real, já que este cenário tem ganho o apoio de cada vez mais países nas últimas semanas.
Por outro lado, a OPEP está também alegadamente a preparar uma estratégia de saída do acordo de modo a assegurar os investidores de que não irá inundar o mercado de crude quando os cortes de produção efectivamente acabarem. O acordo tem previsto uma redução na oferta de 1,8 milhões de barris por dia por parte do cartel e seus parceiros. A não existência de um plano de saída significaria o possível retorno imediato destes 1,8 milhões de barris diários ao mercado, algo que teria, quase de certeza, um impacto negativo no preço do crude. Como tal, a OPEP pretende enviar uma mensagem clara acerca dos seus planos para os próximos meses, a fim de evitar reacções bruscas no mercado e no preço do crude. O cartel poderá dar algumas indicações destes planos depois da reunião de 30 de Novembro. No entanto, os detalhes completos só deverão ser conhecidos mais tarde em 2018.

(Leia o artigo na integra na edição 445 o Expansão, de sexta-feira 27 de Outubro de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i