Director Carlos Rosado de Carvalho

Expectativas aumentam dias antes da reunião da OPEP

Expectativas aumentam dias antes da reunião da OPEP

As expectativas em relação a esta reunião são elevadas e a possibilidade da OPEP vir a desapontar poderá colocar em risco a actual trajectória ascendente do preço do crude nos mercados.

O Brent transaccionava próximo do nível máximo do último ano (acima dos 63 USD por barril) a meio da semana com os investidores a aguardarem pelo resultado da reunião da OPEP do próximo dia 30. As expectativas em relação a esta reunião são elevadas e a possibilidade da OPEP vir a desapontar poderá colocar em risco a actual trajectória ascendente do preço do crude (+11% desde o início do ano). Por enquanto, a maioria dos investidores não parece colocar esse cenário em cima da mesa, apostando que o cartel e os seus parceiros irão prolongar o prazo do actual acordo de corte de produção para além de Março de 2018.
A principal questão que se coloca é saber se haverá consenso entre todas as partes em relação à duração do prolongamento do acordo. Vários países já fizeram saber que são a favor de prolongá-lo até final de 2018, mas houve também quem questionasse a duração da extensão do prazo. É o caso da Rússia que sugeriu recentemente ser ainda cedo para definir um novo prazo.

(Leia o artigo na integra na edição 449 do Expansão, de sexta-feira 24 de Novembro de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i