Director Carlos Rosado de Carvalho

Lucros sobem 177% para 224 milhões USD e dívida baixa para 50%

Lucros sobem 177% para 224 milhões USD e dívida baixa para 50%
Foto: Quintiliano dos Santos

Os indicadores financeiros apresentados pelo PCA da Sonangol são preliminares e não têm o parecer do auditor independente. Os definitivos poderão ser "substancialmente diferentes", após a conclusão de todo o trabalho de apuramento contabilístico, alertou Carlos Saturnino.

Os lucros da Sonangol dispararam 176,7% para 224 milhões USD no ano passado, face aos 80,9 milhões USD de 2016, e a dívida da petrolífera recuou 50% para 4,8 mil milhões USD contra os 9,8 mil milhões USD do ano passado, assinalam os resultados financeiros provisórios avançados pelo presidente do Conselho de Administração, Carlos Saturnino, em conferência de imprensa.
Nos últimos seis anos, os lucros da Sonangol têm tido uma marcha de "desce, sobe, ano após ano", como constatou o Expansão, tendo o ponto mais alto dos lucros ocorrido em 2013, período em que a concessionária nacional alcançou resultado líquido avaliado em 3,1 mil milhões USD, enquanto 2016 foi o período com resultados mais baixos, fixados em 81 milhões USD (ver gráfico).
De acordo com Carlos Saturnino, de 2016 a 2017, a petrolífera viu o stock da sua dívida diminuir de 9,8 mil milhões USD para os actuais 4,8 mil milhões, não porque tenha "havido um milagre", mas sim, porque o Estado, accionista único, fez um injectou 10 mil milhões USD na Sonangol, dos quais pouco mais de 4 mil milhões USD serviram para a liquidação antecipada de seis financiamentos na sua totalidade, para uma liquidação parcial e para o encerramento de outro investimento. O remanescente, avaliado em pouco mais de 5 mil milhões, foi utilizado para investimento. "Temos 292 milhões USD não utilizados dos 10 mil milhões USD", precisou.

(Leia o artigo na integra na edição 462 do Expansão, de sexta-feira 02 de Março de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i