Director Carlos Rosado de Carvalho

Receitas fiscais cresceram 74% para 701 mil milhões Kz

Receitas fiscais cresceram 74% para 701 mil milhões Kz

Apesar da diminuição do número de barris exportados no primeiro trimestre deste ano, face ao período homólogo, contribuiu para o aumento da receita fiscal a subida do preço médio do barril de petróleo.

A receita fiscal com a exportação de petróleo bruto no primeiro trimestre de 2018 cresceu 74,2% face ao período homólogo do ano passado, situando-se nos 701,2 mil milhões Kz, contra os 402,5 mil milhões Kz arrecadados pelo Estado entre Janeiro e Março de 2017, indicam dados do Ministério das Finanças (MinFin).
O crescimento das receitas fiscais petrolíferas nos primeiros três meses do ano está associado ao aumento do preço médio do barril de petróleo no mercado internacional, sendo que, de Janeiro a Março do corrente ano a média foi de 61,3 USD, contra os 51,9 USD do mesmo período de 2017, representando um aumento de 18%.
Apesar das receitas aumentarem significativamente, houve uma diminuição no volume de barris exportados nos trimestres comparados, ou seja, saiu-se dos 147 milhões de barris em 2017, para os actuais 136 milhões de barris, uma redução de 7,3%.
A receita da Concessionária, que corresponde à parcela do Estado nos contratos petrolíferos dos blocos concessionados, foi a rubrica que mais contribuiu para as receitas petrolíferas no primeiro trimestre de 2018, com 483,1 mil milhões Kz, que comparada aos 264,2 mil milhões Kz encaixados no trimestre do ano passado representa um aumento de 82,8%. Os montantes arrecadados via concessionária, no caso a Sonangol, representaram 69% das receitas petrolíferas encaixadas nos primeiros três meses de 2018.

(Leia o artigo na integra na edição 470 do Expansão, de sexta-feira 27 de Abril de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i