Director Carlos Rosado de Carvalho

Novo operador do sector das telecomunicações só deve chegar ao mercado dentro de três anos

Novo operador do sector das telecomunicações só deve chegar ao mercado dentro de três anos

Especialistas reunidos no II Fórum Telecomunicações foram unânimes em considerar que o investimento em infraestruturas de telecomunicações são avultados e complexos, o que deverá atrasar até três anos a entrada no mercado de um novo operador de telefonia móvel, que será conhecido apenas em Setembro deste ano.

Três anos é o tempo mínimo que o novo operador de telefonia móvel precisa para construir as suas próprias infraestruturas e começar a operar no mercado angolano, concluíram os especialistas que participaram da mesa redonda do II Fórum Telecomunicações realizado pelo Expansão na passada sexta-feira.
Os especialistas sustentam que o investimento em infraestruturas de telecomunicações é bastante avultado e requer grande capacidade financeira e tempo para a sua materialização.
O fórum que teve como mote "O Fim do Duopólio Móvel: O Dia Seguinte", analisou o futuro do sector das telecomunicações com a entrada no mercado de mais duas operadoras de telefonia móvel.
A entrada no mercado daquela que seria a terceira operadora estava prevista ocorrer durante primeiro trimestre deste ano, mas o ministro das telecomunicações, José Carvalho da Rocha, disse recentemente em entrevista ao Expansão que por falta de capacidade financeira a Angola Telecom deixou de ter esse objectivo como prioridade.
Por outro lado, a quarta operadora de telefonia móvel será conhecida apenas em Setembro deste ano, altura em que encerra o concurso público internacional.
O especialista em concorrência e políticas públicas, João Confraria, apresentou um estudo com base na realidade da União Europeia que apresenta as perspectivas do day after do sector das telecomunicações no "velho continente".

(Leia o artigo na integra na edição 474 do Expansão, de sexta-feira 25 de Maio de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i