Director Carlos Rosado de Carvalho

Venda de carros novos em crise mas mercado de usados cresce

Venda de carros novos em crise  mas mercado de usados cresce
Foto: César Magalhães

Nas ruas de Luanda há um negócio que "dá cartas" contrariando a crise financeira que afectou o País. 2017 foi o ano "horribilis" para as concessionárias, mas o mercado paralelo é hoje o rei no que toca à venda de viaturas usadas de gamas mais baixas, com preços mais acessíveis.

Enquanto o mercado de carros novos em Angola viveu em 2017 o pior ano de que há memória, tendo sido vendidos pelas concessionárias apenas 4.298 viaturas, na capital do País cresce o segmento de usados, sobretudo a nível informal, com negócios de ocasião e mais em conta para as carteiras dos angolanos.
As dificuldades para importar viaturas novas acentuou-se a partir de 2016, com as concessionárias a terem dificuldades para pagar em divisas aos seus fornecedores no estrangeiro. Como consequências da crise há hoje menos carros à venda nos stands, mas também menos procura pelos poucos que estão à venda, por sinal mais caros do que há anos atrás, tornando-se até proibitivos para a carteira da maioria dos angolanos.
Como alternativa, na capital do País floresce o negócio informal de venda de carros usados, com preços mais em conta. Numa ronda efectuada pelo Expansão em feiras de carros em segunda mão em Luanda, verificou-se que, contrariamente aos stands das concessionárias, há bastantes viaturas à venda naqueles locais. E na maioria das vezes são vendidos poucos dias após estarem em exposição, sobretudo os de gama baixa.
É o que acontece na feira das Organizações Chana-Gamek, onde os mais vendidos são os mais baratos como o I10 (Hyundai) ou o Kia Picanto. Os preços rondam entre os 2,7 milhões Kz e os 3,8 milhões Kz. "Os principais clientes são pessoas que não têm dinheiro para pagar um carro novo que custa acima de quatro a cinco milhões Kz.

(Leia o artigo na integra na edição 476 do Expansão, de sexta-feira 08 de Junho de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i