Director Carlos Rosado de Carvalho

A conspiração dos adversários do Governo

A conspiração dos adversários do Governo

A mediatização excessiva dos processos judiciais de Pessoas Politicamente Expostas (PPE) e o debate público à volta das mesmas, assim como o jogo de bastidores em relação às tentativas para libertá-los, lembram o velho adágio segundo o qual "o dinheiro tem poder".

O cenário em que estamos mergulhados abre conjecturas sobre as perspectivas futuras do que, lá mais para a frente, poderá ocorrer se não forem tomadas certas medidas e cuidados.

Os interesses políticos e económicos instalados, durante muitos anos, fizeram escola e mostram que as amarras com que o Executivo se debate não são de pouca monta. Ao tocar profundamente e ao desarticular redes de interesses económicos, quase todos ligadas a critérios políticos baseados em nepotismo, o governo não só está a afectar interesses, mas uma cadeia de laços económicos e familiares.

Mexer com uma estrutura elitista deste tamanho, tão poderosa, não é tarefa fácil, nem de ingénuos. Esse pequeno grupo, mesmo debilitadopoliticamente, ainda tem capacidade colossal de articulação e manobra, capaz de se lançar fora da esfera política, com muita força na arena económica e social. (...)

(Leia o artigo integral na edição 496 do Expansão, de sexta-feira, dia 26 de Outubro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i