Juros da dívida pública superam as despesas com sector social

Juros da dívida pública superam as despesas com sector social
Foto: Quintiliano dos Santos

De défice em défice, o orçamento do Estado tem sido financiado por financiamentos internos e externos. 2020 marca o ano em que o serviço da dívida mais custa ao País.

O ano de 2020 será o primeiro em que as despesas com juros ultrapassam as de toda a despesa do Estado no sector social, que abarca áreas como a saúde, educação, protecção social e habitação, de acordo com cálculos do Expansão a partir da proposta de Orçamento Geral do Estado para o próximo ano.

Em 2020, ano em que o Governo aponta ao fim de um ciclo de quatro recessões consecutivas, prevendo um crescimento de 1,8% do PIB, os juros para pagar a dívida pública deverão rondar os 2,474 biliões Kz, contra os 2,381 biliões Kz atribuídos ao sector social. Mais de metade da despesa do OGE 2020, no valor de 15,9 biliões Kz, terá como destino o pagamento de dívida pública.

Esta é a consequência da subida, nos últimos anos, do endividamento público para financiar os orçamentos do Estado, de forma a compensar a quebra de receitas com o petróleo. Olhando para estes números, admite um especialista, fica comprovado "o perigo do endividamento do Estado", já que aquelas que deveriam ser as apostas do Governo para a saída da crise através do crescimento económico, com aumento do investimento e criação de emprego, ficam para segundo plano: "Quando não há dinheiro e tem de escolher entre pagar juros ou despesas sociais ou até salários, o Governo escolhe juros", admite, considerando que "não tem outro remédio".

Esta quarta-feira, durante a entrega do documento na Assembleia Nacional, o ministro de Estado para a Economia, Manuel Nunes Júnior, admitia que a evolução do peso da dívida nos OGE ao longo dos anos é uma verdadeira dor de cabeça para o Executivo: "Esta é uma evolução bastante grande, que nos deve preocupar como pessoas que estão na gestão da economia do País". (...)

(Leia o artigo integral na edição 548 do Expansão, de sexta-feira, dia 1 de Novembro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i