Cinco critérios de desempenho por cumprir mas o FMI está satisfeito

Cinco critérios de desempenho por cumprir mas o FMI está satisfeito
Foto: César Magalhães

Angola pede também flexibilização no pagamento de atrasados no exterior e nos limites do stock da dívida contratada pelo Governo.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) revela que o desempenho de Angola no cumprimento do programa de financiamento ampliado é "amplamente satisfatório", tendo o Executivo cumprido quase a totalidade dos critérios de desempenho bem como dos indicativos acordados. Mas faltam cumprir cinco metas estruturais definidas até Junho. Entre as 12 metas estruturais do programa que deveriam ter sido concluídas até ao fim do segundo trimestre deste ano, cinco foram cumpridas a tempo, duas foram implementadas já fora do prazo, e cinco estão ainda por cumprir. Ainda assim, segundo fonte do Governo, este tipo de metas, apesar de terem metas definidas, podem sofrer alterações (desde que o FMI aceite) nos prazos sem comprometer o programa.

(Leia o artigo integral na edição 584 do Expansão, de sexta-feira, dia 24 de Julho de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i