Director Carlos Rosado de Carvalho

"Precisamos das empresas para ajudar os pais das crianças"

"Precisamos das empresas para ajudar os pais das crianças"

Para além de distribuírem refeições no Pediátrico, as Mães Unidas Solidárias de Angola querem fomentar o empreendedorismo para combater a pobreza. Para isso, precisam do know how das empresas.

A MUSA distribui sopa às crianças do Hospital Pediátrico David Bernardino, desde Junho de 2016? Como surgiu esta iniciativa?
Surgiu após visitar o Hospital Pediátrico, pela primeira vez. A Angola Rescue era uma associação voltada apenas para os animais de rua e o combate à raiva, até eu realizar uma visita, em Janeiro de 2016, à pediatria em busca de informações sobre estatísticas de casos de raiva. Nesse dia, tomei contacto com uma realidade pesada que me deixou imensamente transtornada. Vi crianças muito doentes e sem absolutamente nada para se alimentarem. Era impossível sobreviverem só com a medicação.


A MUSA nasceu a partir desta acção ou já existia?
O Projecto MUSA foi criado com o propósito de apoiar estas crianças. Em pouco tempo, crescemos e passámos a fazer mais acções que envolviam, não só o Hospital Pediátrico, mas também orfanatos.


Quantas refeições distribuem por dia?
São cerca de 1200 refeições por dia, sendo 2 principais (sopas) e 2 intermédias (lanche e pequeno almoço). Todas as crianças que se encontram dentro do hospital, internadas ou no banco de urgência, são beneficiadas. Os acompanhantes que se apresentam sem condições para se alimentarem, também estão incluídos. Além da alimentação, distribuímos outros donativos, como vestuário, calçado, medicamentos, brinquedos e etc.

(Leia o artigo na integra na edição 454 do Expansão, de sexta-feira 05 de Janeiro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i