Empresa admite rever rotas e renegociar contratos com trabalhadores  

"A indústria da aviação e a TAAG apresentarão prejuízos históricos em 2020"  

J.J.R. 

O CEO da companhia aérea, Rui Carreira, em conversa com o Expansão, reconhece que a pandemia da Covid-19 trouxe desafios difíceis de superar tão depressa no sector da aviação, com casos de quebra de actividade próximas dos 100% um pouco por todo o continente africano. TAAG não foge à regra e foi afectada pela crise cujo fim ainda é incerto.  

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i