Kwanza encerra Dezembro com recuperação de 6% face ao dólar depois de sessões de ganhos e perdas

Kwanza encerra Dezembro com recuperação de 6% face ao dólar depois de sessões de ganhos e perdas
Foto: Lídia Onde

Se no início do mês comprar um dólar custava 490,6 Kz, dezanove dias depois a divisa passou a custar menos 27,4 Kz. Banco central fecha ano sem dizer a que bancos vende divisas.

O kwanza fechou a sessão desta quinta-feira, dia 19, a valorizar-se 5,9% face ao dólar comparativamente ao inicio do mês, altura em que comprar a divisa norte-americana custava 490,6 kwanzas.

Passados 19 dias, e depois de 12 sessões de ganhos e duas de perdas para a moeda nacional, comprar um dólar já só custa 468,1 Kz, ou seja, menos 27,4 Kz do que no inicio do mês.

Entre as várias causas da valorização do kwanza face à divisa dos EUA está a "seca" de liquidez na banca, promovida pelo banco central ao aumentar o coeficiente de reservas obrigatórias de 17% para 22% em Outubro. Isto fez com que alguns bancos deixassem de ir a leilão.

Depois de semanas de ganhos, foi na quarta-feira, dia 18, que a moeda nacional voltou a depreciar face à moeda norte-americana. Se na sessão anterior comprar um dólar custava 460,473 Kz, na seguinte para a mesma moeda os bancos precisavam de pagar mais 2,2 Kz, ou seja houve uma depreciação do kwanza de 0,5%.

No dia 19, o banco central colocou no leilão 30 milhões de dólares, montantes que foram captados na totalidade pelos bancos que foram à "disputa" - apenas 10 dos 26 autorizados a operar no País. (...)


(Leia o artigo integral na edição 555 do Expansão, de sexta-feira, dia 20 de Dezembro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i